Dermatologia

Melasma

O melasma se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras na pele, mais comumente na face, mas que podem ocorrer também nos braços e colo. Não há uma causa definida, mas esta condição está relacionada a uma predisposição pessoal, agravada pelo uso de anticoncepcionais femininos, gravidez e, principalmente, exposição solar. Os tratamentos compreendem o uso de clareadores como hidroquinona, arbutin, ácido azelaico, ácido retinoico, ácido glicólico e filtros solares físicos ou orgânicos, associados com pigmento para proteção da radiação solar e luz visível, encontrada em lâmpadas e computadores. Hoje, há uma tendência para usar também os fitoterápicos e vitaminas que possuem uma ação antioxidante que ajuda a inibir a produção de melanina. O ácido tranexâmico, também muito estudado atualmente, age na plasmina, evitando a formação de agentes inflamatórios. Os lasers mais indicados são os de baixa energia e pulso curto e ultrarrápido, que conseguem clarear sem causar irritação. Os peelings podem ser associados ao laser para melhores resultados. O microagulhamento com equipamentos que realizam drug delivery infudem dentro da pele clareadores e vitaminas. O melasma é uma doença crônica e que necessita de acompanhamento médico para se obter bons resultados e diminuir recidivas.

Procedimentos relacionados:
Laser Fracionado Emerge
Peelings
Preenchimento com Ácido Hialurônico

Compartilhe:

Me siga nas redes sociais

Dra. Marina Barletta - 2015
Responsável técnica: Dra Marina Barletta - CRM 142270 | RQE 38812 - Esse site segue as normas do Código de Ética Médica do Conselho Federal de Medicina.

Olá! Se deseja agendar uma consulta clique abaixo.


(11) 9 5032-8598
Agende sua consulta