Blog

Tratamentos Medicamentosos

Os principais, no caso de calvície, são a Finasterida e o Minoxidil. Em outras doenças do couro cabeludo, outros medicamentos podem ser utilizados ou associados.

 

Finasterida

É uma medicação largamente utilizada para o tratamento da calvície. É um inibidor da enzima 5-alfa-redutase tipo II, que converte a testosterona em di-hidrotestosterona (DHT), hormônio que, em pessoas predispostas, atrofia os fios, causando perda de cabelos.

O uso da Finasterida possibilita que os fios que já estavam em regressão, curtos e finos, voltem a ficar mais saudáveis, grossos e fortes. Como todo medicamento, possui efeitos colaterais, por isso é imprescindível a avaliação médica para prescrição e acompanhamento.

 

Minoxidil

Foi a primeira medicação aprovada pelo FDA para uso no tratamento da queda capilar. O Minoxidil tem como principal mecanismo de ação a vasodilatação, ou seja, o aumento do fluxo sanguíneo nas áreas onde a loção é aplicada.

Por conta disso (vasodilatação), ou por outros mecanismos ainda não conhecidos, o Minoxidil provoca aumento da fase de crescimento capilar e com o passar dos meses, também favorece o engrossamento dos fios, deixando os cabelos com mais volume.

Compartilhe:

Me siga nas redes sociais

Dra. Marina Barletta - 2015
Responsável técnica: Dra Marina Barletta - CRM 142270 | RQE 38812 - Esse site segue as normas do Código de Ética Médica do Conselho Federal de Medicina.

Olá! Se deseja agendar uma consulta clique abaixo.


(11) 9 5032-8598
Agende sua consulta